Segunda, 30 Dezembro 2019 12:14

Infraestrutura em um ano - Governo de Roraima realiza diversas obras em variadas áreas e entrega outras durante 2019

Atual gestão se deparou com cerca de 50 obras paradas, cenário alterado ao longo de um ano Atual gestão se deparou com cerca de 50 obras paradas, cenário alterado ao longo de um ano Charles Bispo

Um dos pilares para uma boa gestão é a correta aplicação dos recursos públicos. Na infraestrutura, por exemplo, isso acarreta diretamente na realização de obras, sejam elas de construção, manutenção, reforma ou ampliação.

Fazer isso acontecer é o desafio da atual administração do Governo de Roraima. O cenário com cerca de 50 obras paradas encontradas em dezembro de 2018, época da intervenção federal, já faz parte do passado.

Quando assumiu o Governo de Roraima ainda como interventor em dezembro do ano passado, o atual governador, Antonio Denarium, se comprometeu em fazer as obras andarem, concluí-las, além de realizar novas melhorias de infraestrutura no Estado.

A Seinf (Secretaria Estadual de Infraestrutura) realiza atualmente mais de 20 obras em Roraima, sejam elas na saúde, segurança, estradas, saneamento básico, esporte, entre outras. Além disso, foram entregues obras importantes em 2019 e outra conquista foi o desbloqueio da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), que é um recurso do imposto sobre o diesel e a gasolina que o Governo Federal repassa aos Estados para a manutenção de estradas e pontes.

Para o secretário estadual de Infraestrutura, Edilson Damião Lima, o primeiro ano foi de avanços na realização de obras e principalmente em preparar Roraima para novas obras, além da geração de empregos na construção civil.

“Reiniciamos várias obras, deixamos o Estado adimplente [possível de receber recursos, entre eles o da Cide], geramos empregos [construção civil] e estamos aptos para novos projetos ao longo de 2020. É um novo cenário. O governador Antonio Denarium determinou, assim que assumiu, que as obras paralisadas fossem retomadas,” afirmou Lima.

Na relação de obras importantes concluídas e inauguradas, estão: reforma geral dos blocos de Hematologia e Hemoterapia do Hemocentro; reforma e adaptação da estrutura física de Emergência do Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth (Maternidade); 5ª Etapa da obra de ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário, Feira Livre de Três Corações e Praça Félix Rodrigues, ambas no Amajari; Obra de revitalização do sistema de água e esgoto no município do Bonfim; reforma do bloco B da Pamc, além da inauguração da Reforma da Unidade de Saúde de Caroebe nos Blocos A e B, com ampliação.

Nas estradas, o destaque vai para as obras de recuperação que ocorrem atualmente, que inclui asfaltamento na RR-325 (Mucajaí Alto Alegre e a BR-174 sentido Norte (Venezuela). Além delas, estão previstas para 2020 a recuperação da RR-203 (Tepequém) e o asfaltamento da estrada que dá acesso à Vila do Trairão. Estão em fase de licitação o asfaltamento da Rodovia Estadual RR-342 (Tronco Taiano) e o projeto para manutenção de estradas e pontes das vicinais.

Cinco pontes de concreto via dupla, entre Mucajaí e Alto Algre, também serão construídas. Um processo em fase final de licitação prevê a manutenção e conservação por dois anos da RR-205, compreendendo o trecho da Rotatória do Bairro Cidade Satélite x Vila do Paredão.

Há também obras muito próximas de serem entregues à população, como a Delegacia de Caracaraí e a Escola Estadual 13 de setembro.

 

Obras Importantes na saúde com previsão para entrega em 2020

Para melhorar o serviço de saúde oferecido à população, obras são realizadas com previsão para entrega já no primeiro semestre de 2020, como: Maternidade de Rorainópolis, que amplia o Hospital Regional Sul Ottomar de Souza Pinto, Grande Trauma, e a Reforma do Bloco B (Pneumologia e Infectologia) do HGR (Hospital Geral de Roraima).

Para o segundo semestre, há a previsão de conclusão das obras de saúde do Hospital de Bonfim, que começou na atual gestão, Centro Estadual de Reabilitação Nível IV (CER IV) e Bloco E do HGR (Hospital Geral de Roraima).

 

Na Segurança, obras avançam

Obras necessárias para a segurança e melhoria do sistema prisional também ocorrem atualmente e têm a previsão para entrega em 2020.

No primeiro semestre há a previsão de entrega do Presídio de Rorainópolis, que se arrasta desde 2008. Outras com previsão de conclusão no decorrer do ano, são: Novo 1º Distrito Policial da capital Boa Vista, Novo Presídio Masculino, Cadeia Feminina, Cadeia Pública Masculina e a Ala A da Penitenciária Agrícola do Monte Cristo.

 

Melhorias em saneamento Básico não param

Água Tratada e Saneamento Básico são itens básicos para a qualidade de vida que o Governo de Roraima tem dado uma atenção especial.

Além da 5ª Etapa (Boa Vista) e Ampliação da Rede de Água (Bonfim), entregues esse ano, está em pleno andamento a 4ª Etapa da obra de ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário. Após a conclusão da 4º Etapa, com previsão para 2020, Boa Vista será coberta com 93% em saneamento básico.

A Caixa D’agua do Cidade Satélite, velha conhecida que nunca foi concluída, está na fase final (90%) e tem a previsão de ser concluída no início da 2020, beneficiando 10 mil residências e 40 mil pessoas.

 

Obras do Canarinho estão na fase final

Esporte é algo que o Governo valoriza. A obra do Estádio Canarinho, que há mais de 7 anos não vê uma bola rolando, avança e dever ser concluída em fevereiro de 2020. A Seinf aguarda a chegada das arquibancadas. Atualmente o Canarinho está na fase de pinturas, acabamentos e instalação de postes.

O Parque Anauá, tradicionalmente utilizado para a prática de esportes, ficará melhor ainda. Está prevista para o primeiro semestre a conclusão da obra de revitalização do Parque Anauá, que terá: duas quadras poliesportivas cobertas, um campo de futebol society, uma pista pavimentada para cooper e campo de futebol gramado, além de outras instalações.

 

Projetos para frente

A equipe de projetos da Seinf trabalha atualmente na elaboração de diversos projetos na área de educação (reformas e construção de escolas), saúde (reforma e ampliação de hospitais e unidades de saúde) e segurança (entre elas a construção do Instituto Médico Legal de Rorainópolis), dentre outros.