O governador Antonio Denarium, o secretário estadual de Infraestrutura, Edilson Lima, e o presidente da Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima), James Serrador, inauguraram nesta sexta-feira, 25, a obra de revitalização do sistema de água e esgoto no município do Bonfim. Os serviços foram efetuados pelo Governo de Roraima.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

 As obras de revitalização foram feitas com recursos próprios da Caer, no valor de aproximadamente R$ 150 mil. Os trabalhos incluíram a reativação do CRD (Centro de Reservação e Distribuição de Água) - que estava parado desde o ano de 2013 - a ampliação do sistema de distribuição de água com extensão da rede em mais 150 metros para as áreas Free Shop e ativação da EEE (Estação Elevatória de Esgoto).

O governador falou sobre o alcance da obra em Bonfim, além de ressaltar a saúde proporcionada por um bom sistema de água e esgoto.

“Uma obra que estava paralisada. Com recursos do Governo do Estado, da Caer, estamos entregando essa obra importante que vai atender 100% da população de Bonfim com água encanada. Além disso, estamos entregando o sistema de esgoto sanitário, que também estava paralisado e vai atender 80% da população de Bonfim. Duas obras que promovem saúde à população”, disse Antonio Denarium.

O objetivo é proporcionar ao município condições para o desenvolvimento, considerando a quantidade de investidores que pretendem se instalar na região de fronteira com a República Cooperativista da Guiana. O funcionamento eficiente do saneamento básico é importante para os empreendimentos, além de promover qualidade de vida para a população. O prefeito de Bonfim, Joner Chagas (PRB), falou sobre os benefícios da obra.

“É importante para levar água tratada à população de Bonfim e também termos um sistema de esgoto que atinge 80%. Poucos municípios do Brasil têm essa porcentagem de atendimento”, falou o prefeito.

A imagem pode conter: 1 pessoa

O CRD é composto de um reservatório elevado, com capacidade para três milhões de litros e, ao entrar em funcionamento, vai beneficiar mais de 1.500 moradores. Bonfim era abastecido apenas por dois poços artesianos. O secretário de Infraestrutura, Edilson Lima, falou da seriedade em dar celeridade e continuidade às obras do Governo de Roraima.

“É um compromisso do Governo de Roraima com a população. Conseguimos fazer com que essa obra voltasse a ser realizada e hoje estamos entregando para a população”, afirmou.

 

Estação de Tratamento de Esgoto

Bonfim também possui um sistema de captação e tratamento de esgoto moderno. Porém, a EEE (Estação Elevatória de Esgoto) teve as obras finalizadas em 2001, mas nunca entrou em operação. Com a liberação da rede, os moradores poderão interligar suas residências ao sistema e usufruir do serviço essencial para a qualidade de vida.

Todo o investimento da Companhia reforça a atenção necessária para que o município ofereça também condições adequadas aos investidores que estão se instalando na região, principalmente na ALC (Área de Livre Comércio). O presidente da Caer, James Serrador, falou do comprometimento em oferecer água de qualidade para a população.

Nenhuma descrição de foto disponível.

“Vamos entregar o sistema em pleno funcionamento. O próximo passo é a instalação de um laboratório para medir a qualidade da água no município. Estamos investindo na qualidade de vida das pessoas, uma prioridade do Governo do Estado, e a Caer está comprometida em fazer sua parte”, afirmou o presidente da empresa.

Bonfim tem um total de 1.423 imóveis com ligação de água cadastrados junto à empresa até o mês de setembro deste ano, 93 a mais que em 2018, quando a Caer tinha 1.330 residências cadastradas.

No mês de setembro, o faturamento da empresa no município foi de R$ 65.752,24, com arrecadação de R$ 50.015,07. No mesmo período do ano passado, a Caer faturou R$ 43.076,65 e arrecadou apenas R$ 12.926,37. Ou seja, em 2019, houve um aumento de 286,92% na arrecadação do mês comparado.

A Companhia também está instalando hidrômetros no município e já totaliza 430 até o mês de setembro, sendo que em 2018 havia apenas 284 equipamentos instalados.

Além das autoridades do Executivo estadual, participaram da solenidade de inauguração da Estação Elevatória o prefeito de Bonfim, Joner Chagas (PRB), o deputado estadual Gerson Chagas (PRTB) e o deputado federal Hiran Gonçalves (Progressistas).

Publicado em Notícias

Os moradores da Vila do Trairão, no município de Amajari, ganharam neste sábado, 19, uma opção de lazer, prática esportiva e encontro para interação social. Em solenidade, o governador Antonio Denarium e o secretário de Infraestrutura, Edilson Lima, inauguraram a Praça Poliesportiva Felix Rodrigues de Souza.

 

A obra estava parada no momento em que a atual gestão assumiu. Faltava uma contrapartida do Governo de Roraima e ela veio, possibilitando a conclusão da Praça. O governador Antonio Denarium disse que a Praça dá mais qualidade na vida dos moradores e aproveitou para anunciar mais melhoria na infraestrutura.

“É um novo espaço de lazer que a população do Trairão ganhou hoje. Aproveitei a oportunidade para assumir o compromisso de asfaltar a estrada que dá acesso ao Trairão. É o Governo do Estado trabalhando para melhorar a qualidade de vida das pessoas", falou o chefe do Executivo estadual.

A Praça tem uma área de 10 mil metros quadrados, com quadra coberta poliesportiva, quadra de areia e academia aberta com 17 equipamentos, além de lanchonete com banheiros, playground, área de gramado, calçamento, iluminação e bancos de concreto e madeira.

Os recursos para a construção são de R$ 987.368,95, oriundos do Ministério da Defesa/Calha Norte, por meio de emenda do deputado federal Jhonatan de Jesus (PRB). Durante a solenidade de inauguração, o parlamentar falou do compromisso em viabilizar a construção da Praça.

"A população cobrou que não tinha nenhum momento de lazer e chegava seis horas da tarde e era uma escuridão. Temos a satisfação de estar entregando hoje esse espaço", disse o parlamentar.

O secretário de Infraestrutura, Edilson Lima, falou da importância em entregar à população as obras realizadas pelo Governo do Estado.

"A obra da Praça era de um convênio de 2016. Mais uma obra que o governador entrega. Ele que tem o compromisso de não deixar nenhuma obra parada", afirmou o secretário.

A Praça do Trairão era esperada com expectativa pela população local. Há quem já idealize projetos esportivos. É o caso do professor de Educação Física Jeymes Anselmo Kaizer.

"Tínhamos o problema de jovens envolvidos com bebidas, sem atividades saudáveis. A Praça vai ajudar a tirar as pessoas do sedentarismo. Além disso, vou desenvolver um projeto de futsal para os jovens do Trairão", afirmou o professor.

PRESENTES - Durante a solenidade de inauguração da Praça, estavam presentes a população e autoridades do Trairão, o deputado estadual Gabriel Picanço (PRB) e o senador Mecias de Jesus (PRB).

 

Mais infraestrutura em benefício do Trairão

A RR-203, que liga à Serra do Tepequém, será recuperada pelo Governo de Roraima. A rodovia receberá manutenção, recapeamento, tapa-buraco e roçagem do mato. A RR-203 também receberá nova sinalização. A obra deve começar ainda este ano.

O trabalho de recuperação da RR-203 se tornou possível após o desbloqueio da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico), o que possibilita o investimento de R$ 11 milhões na rodovia. O governador Antonio Denarium determinou que o dinheiro seja usado na RR-203, o que vai melhorar no escoamento da produção da região e incentivará ainda mais o turismo na Serra do Tepequém.

O asfaltamento da estrada que dá acesso à Vila do Trairão, ligada à RR-203, também está entre as metas do Governo de Roraima.

Publicado em Notícias

O ato de amar ao próximo, muito bem representado em uma doação de sangue, agora pode ser feito com mais conforto no local indicado para tal: Hemocentro de Roraima. Isso porque o Governo do Estado entregou à sociedade nesta sexta-feira, 4, a Unidade de Hematologia e Hemoterapia reformada.
A obra era esperada desde 2014, época da emenda da ex-senadora Ângela Portela (PDT). Com recurso de R$ 241.611,05 de um convênio com o Ministério da Saúde/Caixa Econômica Federal, a emenda da parlamentar não era o suficiente. Era necessária uma contrapartida do Governo do Estado.


O montante que não foi viabilizado até então, cinco anos desde 2014, era de R$ 102.617,02. O que faltava foi conseguido neste ano de 2019 e possibilitou a completa reforma da Unidade de Hematologia e Hemoterapia. Durante a solenidade de entrega da obra, o governador Antonio Denarium ressaltou a importância da obra.
“Doar sangue é um ato de amor. O Hemocentro tinha cinco macas para doação de sangue, agora tem dez. Ampliação e mais conforto com a reforma. Quero convocar todos a doarem sangue e ajudar o próximo. Nosso compromisso é com a saúde”, falou o chefe do Executivo.
O conforto e a reforma citados pelo governador estão em uma área de 378,50 metros quadrados, em que foram reformadas três salas de triagem (fundamental para garantir a qualidade do sangue doado), setores de armazenagem, espaços administrativos, espaço de imuno-hematologia do doador e sorologia, entre outros departamentos da Unidade.
Durante a solenidade, a secretária de Saúde, Cecília Lorenzom, falou sobre a ampliação no atendimento e melhor acolhimento dos doadores.
“A reforma proporciona um melhor atendimento e otimiza os nossos serviços. Tivemos também uma melhoria na capacidade de armazenamento e um melhor acolhimento para os doadores que procurarem o Hemocentro”, disse a secretária.
A reforma da Unidade de Hematologia e Hemoterapia do Hemocentro foi realizada pela Seinf (Secretaria de Infraestrutura). O secretário da Pasta, Edilson Lima, falou em compromisso na entrega das obras do Governo de Roraima.


“Além do conforto e qualidade de vida, tem o respeito ao bem público. Estamos entregando uma obra de convênio que estava paralisada. O governador Antonio Denarium determinou que a obra continuasse e agora a população e funcionários do Hemocentro recebem um espaço com mais conforto”, ressaltou o secretário de Infraestrutura.
A reforma da Unidade de Hematologia e Hemoterapia do Hemocentro contemplou ainda as áreas de controle de qualidade, recepção/espera, coleta de sangue/posto de enfermagem e sala de aférese (local para centrifugação, permitindo a coleta seletiva).
Outros setores reformados na Unidade de Hematologia e Hemoterapia foram: DML (depósito de material de limpeza), sala de utilidades, sala de esterilização e sala de lavagem. Em toda a área reformada, foram construídos e colocados novos pisos, rodapé, parede, teto, bancada, metais, barras de apoio e materiais, (cubas) das pias em aço inox.

Publicado em Notícias

A obra da nova sede do Instituto de Pesos e Medidas de Roraima (Ipem-RR) avança e já está 60% concluída, com previsão para entrega em janeiro de 2020. A construção, com recursos de R$ 3.048.726,65 do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), foi iniciada na atual gestão do Governo de Roraima, de Antonio Denarium.
Em um terreno com 4.900,00m², a nova sede do Ipem-RR terá salas, auditório (capacidade de até 63 pessoas), laboratórios, caixa d’água com capacidade de 11.000 litros, cisterna (até 20.000 litros), espaço para vídeo conferência, estacionamento interno e externo, área gramada e banheiro para atendimento ao público, com acessibilidade.
Atualmente a obra está no início dos acabamentos com pintura, colocação de forro e pavimentação externa. Também estão sendo instaladas a cisterna, caixa d'água e divisórias.

Publicado em Notícias

A Feira Livre de Três Corações, importante estrutura para a comercialização dos produtos da agricultura familiar indígena da região de Amajari-RR, foi inaugurada nesta sexta-feira (4) pelo Governador Antônio Denarium. A solenidade contou com diversas autoridades e comunidades indígenas da região.

Às margens da BR-174 (Norte - Sentido Venezuela) no entroncamento com a RR-203, a feira tem uma área total de 662,83m². Nela, podem ser comercializados carne (tem açougue), peixes, artesanato, frutas e hortaliças, doces e outros produtos da comunidade. O Governador Antônio Denarium, durante a inauguração, disse que a feira é necessária para o desenvolvimento do agronegócio e geração de renda.

"É uma obra que estava paralisada quando a nova gestão assumiu o Governo de Roraima. Alocamos recursos e hoje entregamos a Feira para a comunidade que poderá comercializar seus produtos. Nós valorizamos quem trabalha e produz na agricultura empresarial, indígena e familiar. Temos que gerar renda e desenvolvimento para o estado de Roraima" disse o governador.

Construído pela Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinf), o espaço tem quatro blocos com açougues, lanchonete, um pórtico na entrada com tema indígena e um totem composto por três torres de forma cilíndrica, que receberá tratamento paisagístico com a utilização de espécies de plantas locais.

O secretário estadual de Infraestrutura, Edilson Damião Lima, diz que a ideia é proporcionar estrutura para a produção e desenvolvimento da região do Amajari.

"A obra inaugurada hoje é um compromisso do governador Antônio Denarium em oferecer condições para os produtores. Além dela, há mais frentes de trabalho" falou o secretário.

Sobre a frente para o desenvolvimento citada pelo secretário, durante a inauguração da Feira, o governador anunciou à população do Amajari que a RR-203 será asfaltada.

O projeto para a pavimentação da RR-203 está em fase de elaboração e o edital de licitação deve ser aberto ainda em 2019. A obra vai melhorar o transporte de produtos agrícolas e auxilia o turismo na região da Serra do Tepequém, que recebe turistas de todo o mundo.

Investimento na agricultura indígena´

Para a obra de construção da Feira Livre de Três Corações, foram investidos R$ 900.180,52, recursos oriundos de emenda parlamentar do deputado estadual Gabriel Picanço (PRB). Ele fala que a agricultura familiar indígena é necessária para a independência das comunidades com geração de emprego e renda.

"As comunidades indígenas têm que ser lembradas sempre. Antes aloquei recursos para a obra da feira de Sorocaima (Pacaraima), igual a essa de Três Corações. O homem do campo é que leva alimentos para toda a sociedade. Eles precisam de carinho" contou o deputado. A Feira de Três Corações beneficia diretamente cerca de 10 comunidades indígenas que produzem na região do Amajarí: Três Corações,  Mutamba, Mangueira, Araçá, Guariba, Ponta da Serra, Nova União, Juraci,  Urupuri e Ananai.

 

Publicado em Notícias
Sexta, 06 Setembro 2019 20:46

Feira Livre de Três Corações

O obra de construção da Feira Livre de Três Corações, no município de Amajari, está em fase de conclusão e deve ser entregue à população ainda neste mês de setembro.

A feira, que teve investimento no valor de R$ 900 mil, tem área total de 556,40m², é composta por quatro blocos. No primeiro, estão concentrados dois boxes destinados a açougues, atividade já desenvolvida na região e que agora terá um espaço adequado atendendo às normas sanitárias vigentes, inclusive com câmara frigorífica para conservação das carnes. Os dois blocos centrais, com oito boxes, são destinados à comercialização de artesanato, frutas e hortaliças, doces e outros produtos da comunidade. O quarto bloco é destinado a duas lanchonetes, com área para mesas. Na parte posterior foram construídos sanitários masculino e feminino, além de um específico para PNE (Portadores de Necessidade Especiais).

A imagem pode conter: céu, nuvem, grama, árvore, casa, atividades ao ar livre e natureza

Um atrativo da feira é um grande pórtico central às margens da RR-203, cujo tema remete à tradição indígena local. Também foi projetado um totem central, onde serão fixadas iconografias indígenas locais, além de um tratamento paisagístico utilizando plantas locais.

Publicado em Notícias