Mostrando itens por marcador: SeinfRR

A obra do Bloco E do HGR (Hospital Geral de Roraima) foi retomada neste mês pelo Governo de Roraima, por meio da Seinf (Secretaria de Infraestrutura), e avança para que seja concluída em setembro, conforme previsão. Serão mais 170 leitos e 10 salas cirúrgicas disponíveis no anexo, como também é conhecido.

 Os trabalhos avançam em fundações da rampa de saída de emergência, na infraestrutura de gases medicinais e instalações elétricas. O Bloco E do HGR terá 70 leitos no primeiro piso, 60 no segundo, 40 leitos de UTI no terceiro e 10 salas cirúrgicas no quarto piso.

O projeto inicial do HGR (R$ 35 milhões de recursos de financiamento junto ao Banco do Brasil) não contemplava itens imprescindíveis, como: subestações de energia, sistemas de proteção de descargas atmosféricas, grupos geradores e rampa de saída de emergência.

Alguns itens no projeto inicial também precisaram ser revisados, como a climatização, circuito fechado de televisão, rede lógica e gases medicinais. De acordo com o secretário de Infraestrutura, Edilson Lima, a ausência dos itens necessários impossibilitava a conclusão da obra.

“O projeto inicial foi revisto e um novo foi feito para incluir os itens obrigatórios para que o hospital tenha funcionamento pleno após a conclusão da obra. O governador Antonio Denarium, desde o início da gestão estadual, sempre teve como foco o término da obra do Bloco E e também a reforma do restante do HGR”, afirmou o secretário.

Dos R$ 35 milhões iniciais dos recursos para a construção do Bloco E do HGR, R$ 29 milhões foram investidos. Os R$ 6 milhões restantes, somados aos R$ 9 milhões a mais  ajustados na readequação do projeto, dão um total de R$ 41 milhões de recursos, pagos pelo Governo de Roraima para a obra do Bloco E.

 

Mais obras no HGR

Por meio da Seinf, o Governo de Roraima realiza atualmente no HGR, além do Bloco E, a obra de ampliação do Grande Trauma e a reforma do Bloco B.

A reforma do Bloco C é outra obra prestes a começar. Além disso, os blocos A e D do HGR também serão reformados.

 

Outras obras no Estado

No interior, atualmente ocorre a obra da maternidade de Rorainópolis e também a construção do Centro de Especialidades Médicas, no mesmo município. O hospital de Bonfim está sendo reformado, o que também acontecerá com os de Mucajaí e Pacaraima. O hospital de Caroebe foi inaugurado no final do ano passado.

Publicado em Notícias

Cerca de 100 mil pessoas serão beneficiadas ao final da 4ª etapa da obra de ampliação do sistema de esgotamento sanitário, realizada pelo Governo de Roraima, por meio da Seinf (Secretaria de Infraestrutura). A obra, 95% executada, deve ser concluída em junho e deixará Boa Vista com 90% de cobertura no saneamento básico. A capital já é a 1ª da Região Norte no quesito.

 Atualmente, a obra da 4ª etapa avança na Avenida Ataíde Teive. No total, serão atendidos nesta etapa os moradores dos bairros Jardim Tropical, Nova Canaã, Jóquei Clube, Raiar do Sol, Nova Cidade, Jardim Caranã, Caimbé, União, Pintolândia e parte dos bairros Asa Branca, Tancredo Neves, São Vicente e Centenário.

Conforme o secretário estadual de Infraestrutura, Edilson Lima, o trabalho em proporcionar saneamento básico é preocupação frequente da gestão do governador Antonio Denarium e a ação é contínua nas obras de esgotamento.

 “Inauguramos no ano passado a 5ª etapa da obra de ampliação do sistema de esgotamento sanitário. Estamos concluindo a 4ª, que passará a cobrir 90% da população de Boa Vista. Além disso, o Governo de Roraima já trabalha com a possibilidade de em 2021 apresentar o projeto da 6ª etapa, o que deixará 100% da capital com atendimento da rede de esgotamento sanitário.

Faz parte também da 4ª etapa a construção de quatro estações elevatórias, que ficam nos bairros União, São Bento, Nova Canaã e na margem do Igarapé Wai Grande.

Publicado em Notícias

Enquanto o Parque Anauá está fechado para evitar aglomerações por conta do contágio do Coronavírus (COVID-19), o Governo do Estado está com obras de revitalização do espaço público, que vão proporcionar mais conforto e lazer para a população assim que forem concluídas.

Somente as pessoas que trabalham no local estão tendo acesso, seguindo todas as normas de segurança e de prevenção ao Coronavírus. A obra de revitalização realizada pelo Governo de Roraima, por meio da Seinf (Secretaria de Infraestrutura), vai oferecer mais opções esportivas.

Está dividida em duas etapas. A primeira está nos últimos ajustes e compreende uma lanchonete, duas quadras poliesportivas cobertas, um campo de futebol society, uma pista pavimentada para cooper, um relógio solar em granito, além da urbanização do local.

A segunda etapa está 28% concluída e está na fase de colocação da camada de brita na pista de atletismo. A pista de oito raias será dentro dos padrões do Comitê Olímpico Internacional (COI). Após a brita, serão colocadas as telas de aço, concreto e por último o material emborrachado.

A previsão de conclusão da segunda etapa é no segundo semestre deste ano de 2020, que terá ainda uma academia, campo de futebol gramado e complementação da pista pavimentada para Cooper, arquibancadas ecológicas para os campos, uma guarita para segurança dos usuários e urbanização.

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Edilson Lima, a obra é reflexo da preocupação do governador Antonio Denarium em concluir os trabalhos em andamento.

“O governador Antonio Denarium determinou, assim que assumiu a gestão estadual, que todas as obras em andamento deveriam ser concluídas. Estamos trabalhando para isso e outras obras que ainda serão realizadas em variadas áreas e no esporte também”, declarou o secretário.

Sobre as obras citadas pelo secretário, uma emblemática do esporte é a do Canarinho, que oito anos depois de iniciada e passada por outras gestões, foi inaugurada este ano em duelo pela Copa do Brasil entre São Raimundo e Cruzeiro. Por enquanto, o Estádio foi cedido para a montagem de um hospital de retaguarda que serve de auxílio ao enfrentamento ao Coronavírus. Outra obra, a da Praça Poliesportiva Félix Rodrigues, na Vila Trairão (Amajari), foi concluída e inaugurada no ano passado.

Ainda no Parque Anauá, está prevista a obra de reforma do Ginásio Totozão. O trabalho está na fase de elaboração do projeto e os recursos serão de emenda do deputado federal Haroldo da Cathedral.

RECURSOS – Para a realização das duas etapas da obra de revitalização do Parque Anauá, os recursos previstos são de R$ 14 milhões de emenda do deputado federal Jhonatan de Jesus/Ministério dos Esportes.

Publicado em Notícias

Por meio da Seinf (Secretaria de Infraestrutura), o Governo de Roraima trabalha na recuperação e reconstrução de pontes de madeira para melhorar a trafegabilidade das estradas. No total (entre as construídas, as que estão com obras em andamento e as próximas a serem executadas), são mais de 70 pontes na atual gestão do governador Antonio Denarium. Nesse universo, há também pontes de concreto.

No município de Cantá, já foram construídas 19 pontes de madeira e atualmente estão sendo reconstruídas cinco na vicinal 2 do Picadão e outra na região do Haras.  Em Mucajaí, as vicinais 2 e Embrapa foram beneficiadas recentemente com cinco pontes novas de madeira.

Outras 10 pontes de madeira, atualmente com o processo licitatório na fase interna, serão recuperadas nas vicinais 8, Jacamim 1, 7, Tatajuba, RR-207 e Serra Grande 1 e 2 (Cantá), além da vicinal da Estação Ecológica de Maracá (em Alto Alegre).

Há também um plano de manutenção de pontes de madeira que vai beneficiar os 15 municípios de Roraima em 27 pontes. Na reta final de licitação, a obra será dividida em três lotes. De acordo com o secretário estadual de Infraestrutura, Edilson Lima, a melhoria nas pontes é uma das prioridades do Governo de Roraima na trafegabilidade terrestre.

“Pontes de qualidade é uma das principais metas do governador Antonio Denarium para melhorar as condições da população que necessita usá-las diariamente e para melhorar as condições de tráfego dos agricultores que precisam escoar os produtos. O trabalho não para. Enquanto há pontes em construção, há o processo licitatório de outras que ainda serão construídas” afirmou o secretário.

 Pontes de concreto

A RR-325 (Mucajaí-Alto Alegre) teve uma ponte de madeira reconstruída e terá cinco novas pontes de concreto, via dupla, que serão construídas na rodovia estadual. O processo licitatório foi concluído e o próximo passo é a formalização do contrato com a empresa que realizará a obra.

Para a realização das obras de melhorias das pontes, o Governo de Roraima conta com recursos próprios do Estado e emendas dos deputados estaduais. 

Publicado em Notícias

A instalação dos painéis solares, para o consumo de energia solar, marca a reta final da obra da Nova Sede do Instituto de Pesos e Medidas de Roraima (Ipem-RR), iniciada na atual gestão do Governo do Estado, do governador Antonio Denarium.

Por conta do combate e prevenção ao Novo Coronavírus (COVID-19), a obra segue com número reduzido de trabalhadores para que não haja aglomeração. A construção tem fiscalização da SEINF (Secretaria de Infraestrutura).

Com recursos de R$ 3 milhões do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), a previsão de conclusão da obra é no final de maio deste ano.

Publicado em Notícias

Por meio da Seinf (Secretaria de Infraestrutura), o Governo de Roraima realizou nesta quarta-feira, 8, reunião para recebimento de documentos para habilitação das empresas interessadas em realizar duas importantes obras: a recuperação da RR-207 (que liga os municípios de Cantá e Bonfim) e a manutenção da RR-205 (Boa Vista e Alto Alegre).

Como a infraestrutura é trabalho essencial, conforme decreto estadual vigente sobre combate e prevenção ao novo coronavírus (Covid-19), foram tomados todos os cuidados possíveis no encontro realizado na Seinf.

Durante a reunião, a CSL (Comissão Setorial de Licitação da Seinf) disponibilizou aos empresários: luvas, máscaras e álcool em gel, além de cumprir com o distanciamento de no mínimo 2m e portas abertas. Conforme a presidente da CSL, Rosilene Amorim, são medidas importantes no cuidado com a saúde, sem prejudicar o funcionamento do trabalho.

“O atual decreto estadual vigente diz que os serviços de infraestrutura são essenciais. Como há essas duas importantes obras que estão no início do processo de licitação, tomamos todas as medidas possíveis para proteger os participantes da licitação contra o novo coronavírus”, afirmou a presidente.

A primeira reunião do edital 002/2020, tipo menor preço, reuniu sete representantes de empresas interessadas em realizar a obra de recuperação de 106km da RR-207. Na segunda concorrência, edital 003/2020, tipo menor preço, participaram três empresários interessados na obra de manutenção de 113km da RR-205, rodovia que já foi asfaltada.

Cuidados necessários

A empresária Perolina Brilhante participa da concorrência pela obra que vai executar os serviços de recuperação, terraplanagem e melhorias na rodovia RR-207. Ela disse que foi uma reunião diferente por conta de todos os cuidados contra o coronavírus, mas necessária.

“Achei plausíveis os cuidados. Não podemos brincar com o novo coronavírus, é coisa séria. Foram tomadas todas as medidas para a nossa segurança, dentro das normas com o uso de luvas, máscara, álcool em gel e a distância de 2m. Além disso, é uma licitação importante que não pode parar. Todos nós, empresários, sabíamos dessa reunião de hoje há 30 dias e já tínhamos reunido todas as documentações”, detalhou a empresária.

O processo licitatório segue agora com a análise dos documentos, fases de recursos, convocação das empresas habilitadas para abrirem propostas e análise das mesmas, entre outras etapas.

Publicado em Notícias
As obras de saúde realizadas pelo Governo de Roraima, por meio da SEINF (Secretaria de Infraestrutura), avançam para aumentar o serviço de saúde, uma das principais frentes de trabalho do governador Antonio Denarium. Uma delas é a maternidade de Rorainópolis, que amplia o Hospital Regional Sul Ottomar Pinto, e atenderá aos moradores da região. Cerca de 75% concluída, a obra da Maternidade está atualmente na fase de pavimentação externa, com aterro e meio-fio. Outra frente são as instalações de louças, metais sanitários, elétricas, de gases e combate a incêndio. Há também execução de emassamento e pintura das paredes. OUTRAS OBRAS Ainda em Rorainópolis, outra obra que avança (72%) é a do Centro de Especialidades Médicas. As obras de saúde do município são de emenda do ex-deputado federal Remídio Monai. Ainda no interior, a reforma do Hospital de Bonfim (18% executada) está prevista para ser concluída no segundo semestre, com recursos do deputado federal Jhonatan de Jesus. No Hospital Geral de Roraima (HGR), ocorrem atualmente as obras de reforma do Bloco B (Pneumologia e Infectologia – 35% executada) e ampliação do Grande Trauma (23% concluída), previstas para serem concluídas no segundo semestre. Elas são realizadas por meio de recursos da ex-senadora Ângela Portela e do deputado federal Hiran Gonçalves, respectivamente. VEM MAIS POR AÍ Em recente entrevista a um programa de rádio, o governador Antonio Denarium anunciou o retorno da obra do Bloco E (anexo) do HGR, que deve começar em breve, além da reforma do Bloco C. Os blocos A e D e os hospitais de Mucajaí e Pacaraima também passarão por reforma. No Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth, logo iniciará a reforma do Bloco das Azaléias e Centro Cirúrgico, que também será ampliado com a construção da UTI. Há projetos aprovados com emendas parlamentares para a Ampliação do Hospital Coronel Mota e Reforma no Bloco Ortopédico, além da reforma da Unidade Mista de Saúde de São João da Baliza.
Publicado em Notícias

A obra de reforma e ampliação da Cadeia Pública Masculina de Boa Vista avança e tem a previsão de ser concluída agora no mês de abril. Realizada pelo Governo de Roraima, por meio da SEINF (Secretaria de Infraestrutura), a Cadeia terá capacidade para 600 reeducandos, o que ajudará na resolução do déficit carcerário do Estado, como afirma o governador Antonio Denarium, que pra isso conta também com outras quatro obras no sistema prisional.
.
A Cadeia hoje tem 120 reeducandos, com o fim da reforma passará a ter mais 480, resultando em 600 pessoas. A obra entra na fase de acabamentos finais nos quatro módulos: Vivência, Educacional/Visita/Esportes, Administração/Revista e Tratamento Penal/Saúde/Triagem. Há também a construção da guarita.
.
OUTRAS OBRAS
.
Outra obra no sistema prisional em Boa Vista é a da Cadeia Feminina (260 vagas), onde dois blocos que ampliam a unidade foram concluídos, restando apenas a parte que será reformada. O Bloco A da Penitenciária Agrícola do Monte Cristo (PAMC) está na reta final, próximo da conclusão e terá capacidade para 600 pessoas.
.
Ainda na capital, a Cadeia Pública de Monte Cristo (capacidade de 286 homens) é mais uma obra em andamento que estará disponível para o sistema prisional, prevista para ser concluída em dezembro próximo. No Sul do Estado, também segue a obra do Presídio de Rorainópolis (154 reeducandos) com previsão de conclusão no primeiro semestre deste ano.

Publicado em Notícias

O Governo de Roraima, por meio da SEINF (Secretaria de Infraestrutura), concluiu a obra de dois novos blocos da Cadeia Feminina na parte que corresponde à ampliação do local. O trabalho faz parte do investimento no sistema prisional em que o governador Antonio Denarium ressalta que resolverá a questão do déficit carcerário no Estado.

A obra da Cadeia consiste em ampliação, já executada nos blocos de Triagem e Vivência Individual, além de reforma, que é a próxima parte da obra que vai atender outros blocos: administrativo; escola; videoconferência; e, de celas coletivas. Ao final dos trabalhos, previsto para esse ano, a unidade prisional terá capacidade para até 260 reeducandas.

O Governo de Roraima trabalha atualmente em outras quatro obras para resolver o déficit carcerário do Estado: Cadeia Pública Masculina (terá 480 vagas após conclusão), Módulo A da Penitenciária de Monte Cristo (capacidade de 600 pessoas), Presídio de Rorainópolis (154 reeducandos), e a nova Cadeia Pública Masculina de Monte Cristo (capacidade de 286 homens).

Publicado em Notícias

Cerca de 40 mil pessoas serão beneficiadas com água tratada após a finalização da obra que iniciou em 2012

O Governo de Roraima, por meio da Seinf (Secretaria de Infraestrutura), iniciou nesta terça-feira, dia 3, o trabalho de interligação do sistema de abastecimento de água do bairro Cidade Satélite ao reservatório elevado recém finalizado e aguardado pelos moradores da localidade há quase oito anos.

Após a conclusão desta etapa da obra, a Seinf vai entregar a ‘caixa d’água’ em pleno funcionamento para a Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima) no início do mês de abril. As obras também contemplam a recuperação do asfalto da avenida Dom José Aparecido, local em que a interligação é realizada.

Cerca de 10 mil domicílios serão atendidos, o que representa em torno de 40 mil pessoas beneficiadas. A obra começou em 2012, estava paralisada e foi retomada em 2019 após uma nova licitação na ordem de R$ 1.321.811,78. O governador Antonio Denarium ressaltou que esta é mais uma das cerca de 50 obras abandonadas por gestões anteriores.

“Nós tivemos que fazer uma nova licitação para poder dar continuidade aos trabalhos e agora vamos entregar mais uma obra à sociedade. Isso é comprometimento com os recursos públicos, concluindo uma obra antes paralisada e que agora vai beneficiar um grande número de pessoas com água de qualidade” afirmou o governador.

Conforme o secretário de Infraestrutura, Edilson Lima, a previsão é que no próximo mês os moradores já sejam totalmente beneficiados com a obra. “A previsão é que testes sejam realizados até o final de março e em abril os moradores já sejam beneficiados com maior qualidade no abastecimento de água. O reservatório tem capacidade para 2.100 mᶟ de água. Além da interligação, as frentes de trabalho seguem com serviços finais na caixa d’água com limpeza e finalização da subestação” afirmou o secretário.

 

LOCALIDADES ATENDIDAS – Também serão beneficiados pelo reservatório os moradores do bairro Murilo Teixeira Cidade, Cidade Universitária e Residencial Vila Jardim. Após a finalização da obra, a administração da caixa d’água ficará por conta da Caer.

Publicado em Notícias