As patrulhas mecanizadas do Governo de Roraima seguem atendendo diversas vicinais com serviços paliativos de patrolamento (raspagem), tapa-buracos e retirada de atoleiros para melhorar a trafegabilidade das vicinais. O trabalho é realizado com recursos do Governo de Roraima.
Apesar de atraso devido as recentes chuvas o serviço não para e atualmente, no município de Rorainópolis, a Vicinal 02 está sendo beneficiada. Em Caroebe, a Vicinal 34 recebe melhorias. Depois as patrulhas avançam para a Vicinal Travessão da 02 (Zero 2), como é conhecida.
Em Iracema as patrulhas atendem a Vicinal Tronco Apurui, depois seguindo para outras estradas conforme demanda da prefeitura. Enquanto que, em Alto Alegre, está sendo atendida a Vicinal 06 Paredão. O Cantá também recebe o maquinário do Governo de Roraima atualmente na Vicinal Tronco Malacacheta, que depois irá para a Vicinal Tronco Taboca.
Já foram atendidas as vicinais Bananal, Kauê e Samâ em Pacaraima, sendo que atualmente estão na Vicinal Santa Rosa. Após saírem de Pacaraima, as patrulhas irão atuar no Amajarí, mais especificamente na Vicinal Tronco Trairão e demais vicinais, conforme demanda da prefeitura.
Ainda serão atendidos pelas patrulhas mecanizadas os municípios de São Luiz, São João da Baliza, Mucajaí e Caracaraí. Lembrando que paralelo a isso está em fase licitatória um projeto para recuperação e manutenção das vicinais do Estado. A previsão de inicio dos trabalhos é janeiro de 2020.

Publicado em Notícias

A obra da Delegacia de Caracaraí está em fase de conclusão, 95% executada, e deve ser finalizada no próximo mês. Os serviços foram retomados na atual gestão e estão sendo investidos R$ 1.024.626,94, oriundos de um empréstimo ao Banco do Brasil.

Iniciada em 2013, a Delegacia é mais uma obra que estava parada e que o Governo de Roraima, dentro da linha de trabalho do governador Antonio Denarium em não deixar nenhuma obra paralisada, deu continuidade aos trabalhos.

A Delegacia terá cerca de 35 salas, com: celas, recepção, atendimento, copa, vestiário, banheiros, plataformas elevatórias, identificação criminal, entre outras.

Publicado em Notícias