Mostrando itens por marcador: Governo de Roraima

A obra de reforma do Bloco A da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo segue nos últimos acabamentos para que seja concluída no próximo mês. Realizada pelo Governo de Roraima, a obra do Bloco A proporciona mais 600 vagas no sistema prisional, colaborando com o fim do déficit carcerário no Estado.

Os trabalhos avançam na parte elétrica no grupo gerador, que irá abastecer todo o complexo prisional. Algumas celas já passam por limpeza e recebem últimos acabamentos.

Para a reforma, o Governo de Roraima conta com recursos do Departamento Penitenciário Nacional no valor de R$ 9,6 milhões. Além da Penitenciária Agrícola, o Estado executa mais quatro obras no sistema prisional: Cadeia Pública do São Vicente, Cadeia Feminina, Nova Cadeia Masculina de Monte Cristo e Presídio de Rorainópolis.

Publicado em Notícias

A boa trafegabilidade nas estradas é importante para a atividade econômica e locomoção das pessoas. As pontes são peças fundamentais nessa engrenagem e o Governo de Roraima, por meio da Seinf (Secretaria de Infraestrutura), tem trabalhado para proporcionar qualidade nesse quesito. São cerca de 80 delas, até o momento, que o Estado contabiliza entre recuperadas, que passam por reforma e outras em processo de licitação para serem atendidas.

Já foram reformadas 37 pontes em quatros municípios, somente na gestão do governador Antonio Denarium, contemplando os municípios de Cantá, Mucajaí, Amajari, Alto Alegre e na RR-325. Conforme o produtor Vitor Hugo Ferronatto, a ponte do rio Acará, em Amajari, foi reformada recentemente e garante o transporte de gado e arroz produzido na região. “A ponte do rio Acará não estava em boas condições. Com a reforma, agora fica melhor para transportar o gado e escoar grãos dos pequenos produtores da região”, afirmou Ferronatto.

Os setores citados por Ferronatto precisam de boas pontes e são importantes para a economia. O ano-safra de 2020 tem 10.400 hectares de área plantada de arroz, com estimativa para colheita de aproximadamente 76 mil toneladas. Na pecuária de corte, 39.838 bovinos foram enviados para abate entre janeiro e maio deste ano. Os dados são da Seplan (Secretaria de Desenvolvimento e Planejamento), Seapa (Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e Aderr (Agência de Defesa Agropecuária).

Para continuar o trabalho de proporcionar boa trafegabilidade, atualmente estão sendo concluídas as reformas de uma ponte na vicinal 2 do Picadão (Cantá) e uma no igarapé Aruanã, na RR-319 (Boa Vista). Além disso, os 15 municípios de Roraima serão atendidos com a reforma de 25 pontes, no total. São obras prestes a começar.

Cinco pontes de concreto serão construídas e 10 de madeira reformadas

Na RR-325, entre Mucajaí e Alto Alegre, está previsto para este mês de julho o início da construção de cinco pontes de concreto dupla via, que permite a passagem de dois automóveis simultaneamente.

Em processo de licitação para posterior reforma, estão 10 pontes: uma no igarapé Macaquinho, comunidade da Anta, em Alto Alegre, município que também terá reformada uma ponte na vicinal da Estação Ecológica de Maracá; três na vicinal 23 do Apiaú, em Mucajaí; uma na vicinal PA Ametista, no Amajari; e duas nas vicinais 8, uma na Jacamim e uma na RR-207, no Cantá.

Publicado em Notícias

A obra do 1º Distrito Policial avança para que seja concluída em julho. Realizada pelo Governo de Roraima, a construção iniciou em 2013, enfrentou paralisações e somente agora será concluída.

A obra faz parte das prioridades do governador Antonio Denarium, que, ao assumir o Governo, a encontrou paralisada por anos. “Essa e muitas outras obras na segurança e no sistema prisional estavam paradas. Ajustamos as contas, resgatamos convênios e no final do mês estaremos finalizando o 1° DP”, disse o governador, ao destacar a Delegacia de Caracaraí, entregue recentemente para a população e os servidores.

Executada pela Seinf (Secretaria de Infraestrutura), a obra está 95% concluída. De acordo com o secretário Edilson Lima, a construção entra nos últimos ajustes. “É mais uma obra que se arrastava ao longo dos anos e o governador Antonio Denarium, assim que assumiu a nova gestão, determinou que fosse retomada e concluída. Os trabalhos entram nos últimos ajustes, como: sistema de proteção contra incêndio, rede lógica, pintura, instalação elétrica e finalização de calçada”, afirmou.

O 1° Distrito Policial tem dois pisos com acessibilidade e os seguintes ambientes de trabalho: recepção, salas de delegados, cartórios para oitivas, salas para o setor de operações, sala para identificação civil e criminal, auditório, salas de contenção para o acautelamento de presos, alojamentos masculino e feminino, copa, banheiros e estacionamento.

Conforme o delegado Geral da Polícia Civil, Herbert Amorim, toda a estrutura do 1º Distrito Policial é para dar mais conforto aos servidores que prestam serviço e principalmente para que a população receba um atendimento de qualidade.

“Todos nós da Polícia Civil aguardamos ansiosamente a conclusão desta obra. Estamos acompanhando e vemos que o trabalho está sendo feito com muita qualidade. É uma estrutura para dar mais dignidade aos nossos servidores da Polícia Civil que poderão prestar um serviço melhor à população, que nos procura e precisa deste atendimento”, enfatizou.

Obra estava parada há sete anos

A obra do 1° DP teve início em julho de 2013 e tinha término previsto para março de 2016. Porém, devido a problemas trabalhistas que a empresa responsável pela obra enfrentou, ela foi paralisada em 2016. Foi feita uma nova licitação para a retomada da obra e conclusão dos serviços.

Além do 1º Distrito Policial de Boa Vista, que está muito próximo de ser concluído, o Governo de Roraima inaugurou em fevereiro deste ano a Delegacia de Caracaraí, ao Sul do Estado.

Publicado em Notícias

Com 642 empregos gerados no primeiro quadrimestre do ano, conforme dados da Seplan (Secretaria de Planejamento), a construção civil segue empregando em obras do Governo de Roraima. Além das que estão em execução, o Governo lançou, por meio da Seinf (Secretaria de Infraestrutura), o edital de licitação para contratação de empresas que irão reformar os hospitais de Pacaraima e Mucajaí.

A abertura do processo licitatório com a presença das empresas interessadas em reformar o Hospital Délio Oliveira Tupinambá, em Pacaraima, será no dia 14 de julho, às 9h, na Seinf. Os recursos para a obra (R$, 2,4 milhões), são de emenda do ex-deputado federal Remídio Monai. Também de emenda de Remídio Monai, R$ 2,8 milhões são os recursos para a obra de reforma do Hospital Vereador José Guedes Catão, em Mucajaí. A abertura do processo licitatório com as empresas será na Seinf, no dia 15 de julho, às 9h.

Juntos, os hospitais de Pacaraima (com 28) e Mucajaí (com 25) somam 53 leitos, além de salas de imunização, sutura e curativos, enfermagem, serviço social, emergência, cirurgia obstétrica, farmácia, consultório odontológico, enfermarias, entre outras. As empresas interessadas em participar da concorrência no processo licitatório para as reformas dos hospitais de Pacaraima e Mucajaí podem consultar os editais e anexos no site seinf.rr.gov.br.

Obras na saúde

Em meio à pandemia do novo Coronavírus (COVID-19), a infraestrutura segue como serviço essencial. De acordo com o secretário de Infraestrutura, Edilson Lima, o Governo de Roraima trabalha para manter as obras da saúde em andamento e prepara outras que serão realizadas.

“O governador Antonio Denarium tem, entre as prioridades, melhorar a infraestrutura na saúde. Temos obras sendo licitadas e outras realizadas, como no Hospital de Geral de Roraima, nos blocos E, B e Grande Trauma. Reformaremos também os blocos A, C e D. No Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth, estamos reformando o Bloco das Azaleias. Há também obras no interior”, afirmou o secretário.

Sobre as obras realizadas no interior de Roraima citadas pelo secretário de Infraestrutura, há a reforma do Hospital de Bonfim. Em Rorainópolis, estão sendo construídas a Maternidade e o Centro de Especialidades Médicas.

No HMINSN (Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth), além do Bloco das Azaleias, o Centro Cirúrgico será reformado. O hospital também será ampliado com a construção da UTI. Outros projetos aprovados com emendas parlamentares são para a ampliação do Hospital Coronel Mota e reforma do bloco ortopédico, além da reforma da Unidade Mista de Saúde de São João da Baliza.

Publicado em Notícias

Dois projetos que devem dar cara nova à região do Distrito Industrial, em Boa Vista, foram concluídos pelo Governo de Roraima, por meio da Seinf (Secretaria de Infraestrutura). As melhorias incluem 5,2 quilômetros de asfaltamento, ciclovias, duplicação de vias, acessibilidades, entre outros avanços na área que possui cerca de 150 empresas e gera em torno de 4 mil empregos diretos e indiretos, além de moradores das adjacências, que também serão beneficiados com a futura estrutura. 

Para as obras, o Estado tem convênio com a Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus) e a Sudam (Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia). Recentemente, o Governo apresentou o projeto para as superintendências, importante passo para um trabalho que também conta com emendas da bancada federal e emenda individual do senador Mecias de Jesus (PRB-RR).

O primeiro projeto é convênio com a Suframa, tem emenda da bancada federal e compreende a duplicação do trecho entre o Distrito Industrial (a partir do 5º Distrito Policial) até a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), totalizando 2 quilômetros. Haverá ainda ciclovia, calçadas, acessibilidade, sarjeta, drenagem e meio-fio.

O segundo projeto tem emenda do senador Mecias de Jesus, por meio de convênio com a Sudam, e prevê o asfaltamento de oito ruas no Distrito Industrial (3,2 quilômetros). Haverá também calçadas, acessibilidade, sarjetas, drenagem, meio-fio, duplicação de uma das vias e ciclovia.

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Edilson Lima, o Governo de Roraima tem uma série de convênios federais em que a Seinf trabalha nos projetos que devem melhorar a infraestrutura de muitos locais. Segundo ele, o governador Antonio Denarium tem como meta asfaltar importantes vias para a população, setor produtivo e indústrias.

“Além do Distrito Industrial, o Estado tem convênios federais em que a Seinf tem projetos, sendo que o projeto para asfaltar a vicinal Tronco Malacacheta, no Cantá, já foi apresentado. Trabalhamos também com os projetos das vicinais 26 e 28, de São João da Baliza; Tronco Trairão, do Amajari; RR-452, de São Silvestre a Alto Alegre; distritos de Santa Maria do Boiaçu e Martins Pereira, em Rorainópolis; além da duplicação da RR-205, de Boa Vista até o Anel Viário”, detalhou.

Além da Suframa e Sudam, para as outras estradas mencionadas pelo titular da Seinf que têm previsão de serem asfaltadas, o Governo de Roraima tem convênio com Ministério do Desenvolvimento Regional e emendas dos deputados federais Jhonatan de Jesus (PRB-RR) e Otaci Nascimento (SD), além dos senadores Mecias de Jesus, Chico Rodrigues (DEM) e Telmário Mota (PROS).

Publicado em Notícias

A maternidade de Rorainópolis está cada vez mais próxima de estar disponível para as futuras mamães. Realizada pelo Governo de Roraima, a obra está 90% executada e com previsão de conclusão até o final de julho deste ano. O local atenderá toda a região sul do Estado.

Executada pela Seinf (Secretaria de Infraestrutura), a obra na fase do calçamento externo, pinturas externa e interna, e instalações de bancadas, luminárias, gás e portas. A construção da maternidade faz parte da ampliação do Hospital Regional Sul Ottomar de Souza Pinto. O local terá cerca de 80 leitos, dois consultórios, sala de ultrassom, sala de tomografia e dois centros cirúrgicos. Os recursos para a essa obra são de R$ 3,8 milhões, de emenda do ex-deputado federal Remídio Monai.

Conforme o secretário de Infraestrutura, Edilson Lima, Rorainópolis recebe essas obras para a ampliação do serviço de saúde na região. “O governador Antonio Denarium tem uma atenção especial com a infraestrutura na saúde. Além da maternidade, o Governo realiza também a obra do Centro de Especialidades Médicas, mais uma unidade que estará à disposição dos moradores de Rorainópolis”, afirmou o secretário.

A obra do CEM  (Centro de Especialidades Médicas) está 80% executada e com previsão para conclusão no próximo mês de julho. Os moradores de Rorainópolis e sul do Estado terão mais acesso a serviços médicos especializados, como ortopedia, ginecologia, urologia, otorrino, ultrassonografia, eletrocardiograma e oftalmologia.

Além dos sete consultórios especializados, o CEM  tem ainda salas administrativas, banheiros, sala de utilidades, copa, atendimento, entre outros. O investimento na obra é de R$ 1 milhão, também de emenda do ex-deputado federal Remídio Monai. Tanto o CEM quanto a maternidade são obras realizadas por meio de convênio com o Ministério da Saúde.

INSTITUTO MÉDICO LEGAL - Por meio de um convênio com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, com emenda de R$ 4 milhões do ex-deputado federal Remídio Monai, o Governo de Roraima irá construir um IML (Instituto Médico Legal) em Rorainópolis. A Seinf trabalha na realização do projeto e, assim que cumprir a etapa de aprovação, a obra poderá entrar no processo de licitação.

Publicado em Notícias

O Governo de Roraima continua com o trabalho de melhorias na infraestrutura do HGR (Hospital Geral de Roraima). Uma delas é a reforma do Bloco B (Pneumologia e Infectologia). A obra, cerca de 35% executada, segue com previsão para conclusão em julho deste ano.

Realizada pela Seinf (Secretaria de Infraestrutura), a obra está atualmente na fase de retirada de cobertura e telhado antigos, colocação de telhas novas e construção de uma cobertura com mais qualidade em estrutura metálica.

A obra avança também para finalizar o emassamento das paredes, instalação elétrica e janelas. Os recursos, em torno de R$ 1 milhão, são de emenda da ex-senadora Ângela Portela. De acordo com o secretário de Infraestrutura, Edilson Lima, o HGR tem um conjunto de obras desenvolvidas e a serem realizadas.

“A infraestrutura do HGR é vista com atenção pelo governador Antonio Denarium. Atualmente temos obras no Grande Trauma e nos blocos B e E. Além disso, serão reformados os blocos A, C e D. Não os iniciamos ainda por conta da luta enfrentada contra a pandemia da COVID-19 e as obras poderiam gerar transtornos. A pedido da direção do HGR, estas reformas especificamente serão iniciadas posteriormente”, afirmou o secretário.

A reforma e ampliação do Grande Trauma está 45% concluída e oferecerá 49 leitos, o dobro do que dispõe hoje. Os recursos são de emenda do deputado federal Hiran Gonçalves, no valor de R$ 2,7 milhões.

Retomada em abril, outra obra com previsão para conclusão em setembro é a do Bloco E, que oferecerá 170 leitos e 10 salas cirúrgicas. Dos R$ 35 milhões iniciais dos recursos para a construção do Bloco E, R$ 29 milhões foram investidos. Os R$ 6 milhões restantes, somados aos R$ 9 milhões a mais  ajustados na readequação do projeto inicial, dão um total de R$ 41 milhões pagos pelo Governo de Roraima.

MAIS OBRAS PREVISTAS – Os blocos A (Oncologia e Área de Convivência) e D (Psiquiatria, Reumatologia, Endocrinologia, Gastroenterologia e Neufrologia) serão reformados com recursos de emenda do deputado federal Jhonatan de Jesus, nos valores de R$ 1,7 milhão e cerca de R$ 900 mil, respectivamente. Na reforma do Bloco C (Cardiologia) serão investidos R$ 773 mil, provenientes de emenda da ex-senadora Ângela Portela.

Publicado em Notícias

O HMINSN (Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth) tem atenção especial do Governo de Roraima para que ofereça um bom serviço de saúde às mamães e recém-nascidos, além de boas condições aos profissionais que trabalham no local. Para isso acontecer, a infraestrutura faz parte do contexto. Uma das provas disso é a reforma que está sendo realizada no Bloco das Azaleias (enfermagem).

A obra, iniciada no último mês, é realizada pela Seinf (Secretaria de Infraestrutura). Após a demolição de boa parte da estrutura que não era mais adequada, a reforma avança com a execução da alvenaria, início das instalações hidrossanitárias, cortes nas paredes para passagem de tubulação elétrica, chapisco e construção de um novo piso.

Atualmente, com 7% executada, a obra tem previsão para ser concluída em setembro deste ano. Os recursos para a reforma são de emenda da ex-senadora Ângela Portela, no valor de R$ 825 mil. De acordo com o secretário de Infraestrutura, Edilson Lima, essa é apenas uma das obras de saúde realizadas pelo Governo de Roraima.

“O Governo de Roraima tem diversas obras espalhadas pelo Estado, como o Hospital de Bonfim, Maternidade e Centro de Especialidades Médicas de Rorainópolis [CEM], além dos blocos B, E e Grande Trauma do Hospital Geral de Roraima [HGR]. A gestão do governador Antonio Denarium tem essa visão de oferecer uma boa infraestrutura na saúde. Há também outros projetos desenvolvidos para futuras obras de reforma”, disse o secretário.

 Outras obras

Em relação às obras citadas pelo titular da Seinf, a Maternidade de Rorainópolis está bem avançada e com previsão de entrega para o primeiro semestre deste ano.  No HGR, o Grande Trauma passa por reforma e ampliação, com previsão de conclusão em setembro, além do Bloco B (Pneumologia e Infectologia), que deve ser finalizado em julho.

O Bloco E do HGR, também conhecido como anexo, é outra obra que foi retomada recentemente e avança para ser concluída em setembro. No interior, o CEM de Rorainópolis deve ser concluído agora no primeiro semestre, enquanto o Hospital de Bonfim tem previsão de finalização para o segundo semestre.

Publicado em Notícias

Por meio da Seinf (Secretaria de Infraestrutura), o Governo de Roraima trabalha na melhoria da BR-174 sentido norte (em direção à Venezuela). A rodovia, que será recuperada do trecho do rio Cauamé (Km 512,10) até a entrada da Pedra Pintada (Km 631,50), recebe atualmente obras de construção dos acostamentos, um dos serviços que serão realizados para dar mais trafegabilidade na estrada.

A construção dos acostamentos aumentará mais cinco metros na largura da BR-174, passando dos atuais sete para 12 metros. O trabalho, atualmente no Km 516 da rodovia, está na fase de reciclagem e com aplicação da última camada de base. Após isso, será colocado o asfalto.

O trecho da BR-174 a ser recuperado pelo Governo de Roraima corresponde a 119,40 quilômetros. Outra novidade na BR-174 será a duplicação da rodovia até a entrada do Parque de Exposições Dandãezinho. De acordo com o secretário de Infraestrutura, Edilson Lima, outras estradas serão recuperadas e asfaltadas.

”Infraestrutura rodoviária em boas condições é vista como fundamental pelo Governo de Roraima na gestão do governador Antonio Denarium. Além da BR-174 sentido norte, o Estado trabalha na recuperação da RR-325 e tem a previsão de recuperar as rodovias 203, 205 e asfaltar outras estradas que ainda não possuem asfalto, como as do Taiano, São Silvestre, entre outras”, afirmou o secretário.

Das rodovias citadas pelo titular da pasta, a RR-325 (liga Mucajaí a Alto Alegre) está sendo recuperada pelo Governo de Roraima. Outra que receberá manutenção é a RR-203, que dá acesso até a Serra do Tepequém (Amajari). O edital de licitação para a melhoria da importante estrada do turismo roraimense já foi divulgado.

Sobre a RR-205 (liga Boa Vista a Alto Alegre), o processo licitatório está em andamento para a recuperação da estrada. Outras rodovias que serão asfaltadas são a do Taiano (RR-342) e São Silvestre (RR-452), ambas em Alto Alegre. Na primeira, o edital de licitação deverá ser lançado neste mês, e a segunda, a Seinf trabalha no projeto para o asfaltamento.

Publicado em Notícias

Por meio da SEINF (Secretaria de Infraestrutura), o Governo de Roraima iniciou nesta semana a recuperação do trecho urbano da RR-325 em Alto Alegre, que receberá asfalto novo. A rodovia, que liga o município a Mucajaí, passa por recuperação que vai atingir toda a extensão de 143km da estrada, trabalho que faz parte das metas do governador Antonio Denarium em proporcionar boas condições na infraestrutura rodoviária.

O trecho que recebe obras no momento estava destruído, sendo que agora passa pelos primeiros trabalhos para poder receber o asfalto novo.

Após a recuperação asfáltica da RR-325, a mesma receberá também sinalização vertical e horizontal, além da roçagem de mato na margem da estrada. A recuperação da rodovia inciou no final de 2019 pela parte urbana de Mucajaí.

Publicado em Notícias
Página 1 de 6